Pajero 2011 Tabela FIPE: Preço, Valor em Fevereiro de 2024

5/5 - (2 votos)

Encontre abaixo nessa tabela todas as Versões do Pajero 2011 com o seu código FIPE e preço atualizado. Descubra qual o valor de tabela do Mitsubishi Pajero 2011 abaixo.

Versões do Mitsubishi Pajero 2011

VersãoCod. FIPEValor Fevereiro de 2024
Pajero Sport HPE 2.5 4×4 Diesel Mec.
022091-4R$ 59.804,00
Pajero Sport HPE 2.5 4×4 Diesel Aut.
022090-6R$ 69.201,00
Pajero Sport 3.5 V6 Flex 4×4 Aut.
022109-0R$ 58.530,00
Pajero HPE Full 3.8 V6 250cv 5p Aut.
022100-7R$ 87.685,00
Pajero HPE Full 3.8 V6 250cv 3p Aut.
022099-0R$ 86.442,00
Pajero HPE Full 3.2 4×4 T.I.Dies.3p Aut.
022088-4R$ 106.922,00
Pajero HPE Full 3.2 4×4 T.I.Dies. 5p Aut
022107-4R$ 107.347,00
Pajero DAKAR/HPE 3.5 4×4 Flex 5p Aut.
022118-0R$ 83.112,00
Pajero DAKAR HPE 3.2 4×4 T.I Dies 5p Aut
022127-9R$ 97.948,00
Pajero DAKAR 3.2 4×4 T.I. Dies. 5p Mec.
022111-2R$ 97.634,00
Pajero DAKAR 3.2 4×4 T.I. Dies. 5p Aut.
022110-4R$ 97.654,00
Mitsubishi

O Mitsubishi Pajero 2011 é um dos SUVs mais emblemáticos do mercado brasileiro e internacional. Neste artigo, vamos explorar detalhadamente as principais características desse veículo, abordando tópicos como motor e potência, consumo, história no mercado brasileiro, design, pontos fortes e fracos, além de responder a algumas perguntas frequentes.

Motor e Potência

O Pajero 2011 apresentou uma gama de motores para atender às necessidades de diversos consumidores. Uma das versões mais populares era equipada com um motor diesel de 3.2 litros e quatro cilindros em linha. Este motor produzia 165 cavalos de potência e um impressionante torque de 38 kgf.m. Essa configuração proporcionava um desempenho excepcional, tanto em estradas pavimentadas quanto em trilhas off-road desafiadoras.

Além disso, o Pajero 2011 também ofereceu opções a gasolina, incluindo um motor V6 de 3.8 litros com 205 cavalos de potência. Com essa diversidade de motores, os consumidores podiam escolher a opção que melhor se adequava às suas necessidades.

Pajero 2011
Pajero 2011

Consumo em Números

O consumo de combustível do Pajero 2011 variava de acordo com a motorização escolhida e as condições de direção. No caso do motor diesel de 3.2 litros, o veículo oferecia uma eficiência relativamente boa, com médias em torno de 8 a 10 km/l na estrada e 6 a 8 km/l na cidade. No entanto, é importante notar que, em geral, motores diesel tendem a ser mais econômicos que os motores a gasolina.

As versões a gasolina, como o V6 de 3.8 litros, consumiam mais combustível, com médias na faixa de 6 a 8 km/l na estrada e 4 a 6 km/l na cidade. Portanto, os consumidores precisavam ponderar o desempenho oferecido pelo motor a gasolina em relação ao maior consumo de combustível.

História no Mercado Brasileiro

A história do Mitsubishi Pajero no mercado brasileiro é repleta de aventuras e conquistas. Desde a sua chegada ao país, no início dos anos 1980, o Pajero consolidou sua reputação como um SUV robusto e confiável, capaz de enfrentar os desafios do terreno brasileiro. O Pajero 2011, em particular, continuou a tradição de excelência da marca no Brasil.

Com uma presença marcante nas estradas e trilhas, o Pajero era um veículo amplamente utilizado por amantes de esportes radicais e aventureiros. Sua tração nas quatro rodas e sistemas avançados de suspensão tornavam-no adequado para explorar as áreas mais remotas do país.

Design

O design do Pajero 2011 combinava robustez com sofisticação. O veículo mantinha as linhas imponentes e angulares características da marca, transmitindo uma sensação de poder e confiança. O interior era espaçoso e luxuoso, com acabamentos de alta qualidade e um painel de instrumentos de fácil leitura.

Uma característica notável era a capacidade de acomodar até sete passageiros em suas versões mais completas, tornando-o um veículo ideal para viagens em família ou com grupos de amigos. A versatilidade do Pajero 2011 era uma de suas principais atrações.

Pontos Fortes e Fracos

Pontos Fortes

  1. Capacidade Off-Road: O Pajero 2011 era aclamado por sua capacidade off-road excepcional, graças à tração nas quatro rodas e aos sistemas avançados de suspensão.
  2. Diversidade de Motores: A disponibilidade de motores a diesel e gasolina permitia aos consumidores escolher a opção que melhor atendia às suas necessidades de desempenho e consumo de combustível.
  3. Espaço Interno: O Pajero oferecia amplo espaço interno e a capacidade de transportar até sete passageiros, tornando-o um veículo versátil.

Pontos Fracos

  1. Consumo de Combustível (Versões a Gasolina): As versões a gasolina tinham um consumo de combustível relativamente alto, o que poderia ser um ponto fraco para quem priorizava a economia.
  2. Manutenção e Peças de Reposição: Como com veículos de alta complexidade, encontrar peças de reposição para o Pajero 2011 poderia ser um desafio, e a manutenção poderia ser dispendiosa.
  3. Tamanho e Manobrabilidade: Devido ao seu tamanho, o Pajero 2011 podia ser um desafio em manobras apertadas e ao estacionar.

O Mitsubishi Pajero 2011 manteve a tradição de ser um SUV robusto, confiável e capaz de enfrentar desafios on-road e off-road. Com sua história rica e versatilidade, este veículo se tornou um ícone do mercado automobilístico brasileiro, conquistando o coração de aventureiros e entusiastas de veículos todo-terreno.

FAQ

O Pajero 2011 é um veículo seguro?

Sim, o Pajero 2011 oferecia recursos de segurança, como airbags, freios ABS e sistemas avançados de tração, tornando-o um veículo seguro para os padrões da época.

Qual é a capacidade de carga do Pajero 2011?

A capacidade de carga do Pajero 2011 variava de acordo com a versão e a configuração, mas em média, podia transportar até sete passageiros ou uma quantidade significativa de carga, dependendo das necessidades do proprietário.

A manutenção do Pajero 2011 é dispendiosa?

A manutenção do Pajero 2011 pode ser mais cara do que a de veículos compactos devido à sua complexidade e ao custo de peças de reposição. No entanto, muitos proprietários consideravam o investimento justificável devido ao desempenho e durabilidade do veículo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *